ADESÃO DAS ACADÊMICAS DE ENFERMAGEM À PREVENÇÃO DO CÂNCER DE MAMA

Rosângela Ferreira de Freitas, Aloisia Dantas, Deuzany Leão

Resumo


O câncer de mama é um tipo de doença que tem preocupado muito das mulheres do mundo inteiro, por motivo de ser considerado a segunda causadora de morte. As formas de combate desta enfermidade seria a detecção precoce através dos exames preventivos. Para melhor divulgação, faz-se necessário ações educativas através do enfermeiro e seu exemplo de se autocuidar. Objetivo: Dessa forma, o objetivo deste trabalho é analisar a adesão das acadêmicas de Enfermagem aos métodos de prevenção de câncer de mama, numa Instituição de Ensino Superior privada da cidade do Recife. Metodologia: Este estudo foi do tipo transversal, descritivo e exploratório a partir da pesquisa de campo com análise quantitativa, realizada por questionário de perguntas fechadas, onde participou 56 discentes do 10º período do curso de Enfermagem. Resultados e Discussão: Observa-se que a amostra é composta em sua maioria de faixa etária de 26 a 35 anos (37,50%); com estado civil casada (42,86%) e trabalhando na área de saúde (58,93%). Essas discentes têm nível bom de informações dos métodos preventivos em 45%, os quais foram utilizados pelas acadêmicas num percentual de 89,28% de adesão. Conclusão: Portanto, os enfermeiros tem papel importante nas ações educativas, visto que ele é um agente disseminador do saber. É necessário se especializar nos assuntos pertinentes a sua área para que possa atingir transformação na saúde no âmbito individual e coletivo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia