A ASCENSÃO DA DIREITA ISRAELENSE E OS PREJUÍZOS DE UMA PAZ EM CURSO

Ednaldo Fernandes Xavier Filho, Thalita Franciely de Melo Silva

Resumo


O espectro político de Israel tem vivido suas nuances ao transcorrer do tempo, influenciado pelas alterações políticas regionais que, por sua vez, produziram avanços e retrocessos nos acordos de Paz entre Israel e Palestina. O objetivo deste artigo é identificar as motivações que promoveram a ascensão do partido de direita israelense em 2001, como também, sua influência no processo de acordo de paz. Orientado a compreender tal fenômeno político especifico, o objetivo se caracteriza nas motivações que originam fatores tanto internos como externos relativos a Israel. O que leva a uma análise bibliográfica das evidencias de ascensão, das questões sociais inerentes ao processo e resultados tanto da inerência como das evidencias.


Texto completo:

PDF.

Referências


Almeida Júnior, A. Os três pilares da democracia. Revista da Faculdade de Direito. v. 40, p. 130-148, 1945.

Bartel, C. O Movimento sionista e a formação da comunidade judaica brasileira (1901 – 1956). Tese (Doutorado em História) – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas – Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, p. 6768. 2012.

Beetham, D. Democracia: Principios y Realización. Unión Interparlamentaria. Ginebra, Suiza, p. 1-105, 1998.

Benvenisti, E. The Israeli-Palestinian Declaration of Principles: A Framework for Future Settlement. European Journal of International Law. v. 4, n 4, 1993, p. 542–554, 1993.

Bobbio, N. Left and Right: The significance of a Plitical Distinction. University of Chicago Press. Chicago. 1994.

Bobbio, N.; Matteucci, N.; Pasquino, G. Dicionário de Política. Editora Universidade de Brasilia. Brasília, 11 ed. 1998.

Cochrane, C. The asymmetrical structure of left/right disagreement and right wing fragmentation in comparative party policy. Party Politics. v.1, p. 1-18, 2011.

Domingues, M. J. A Sociologia israelense e a crise do consenso sionista. Revista Brasileira de Ciencias Sociais. v. 25, n. 73, p. 148, 2010.

Doron, G. Right as opposed to wrong as opposed to Left: The spatial location os “Right Parties” on the Israelí political map. Israel Studies, v 10, n. 3, p. 29-53, 2005.

Doron, G.; Peretz, D. Israel´s 1996 elections: A second Political Earthquake? Middle East Journal, Washington D.C. v. 50, p. 530-546, 1996.

Hobbes, T. Leviatã. 2 ed. São Paulo, Editora Icone, 2003.

Israel Ministry of Foreign Affairs. The Balfour Declaration, 2013. Disponível em:https://mfa.gov.il/mfa/foreignpolicy/peace/guide/pages/the%20balfour%20declarat ion.aspx. Acesso em: 26 de Mar. de 2019.

Israel Ministry of Foreign Affairs. The Mandate for Palestine, 2013. Disponível em:. Acesso em: 26 de Mar. de 2019.

Israel Ministry of Foreign Affairs. UN General Assembly Resolution 181, 2013. Disponível em:. Acesso em: 26 de Mar. de 2019.

Kelman, H. C. The Israeli-Palestinian Peace Process and Its Vicissitudes. American Psychological Association. Washington DC. v. 62, n. 4, p. 287-303, 2007.

Michael, K.; Guzansky, Y. The Palestinian Authority: A State Failure? Strategic Assessment. Tel Aviv. v. 19, n. 1, p. 87-102, 2016.

Mitts, T. Terrorism and the Rise of Right-wing contente in israelí books. International Organization UK. v. 73, p. 203-224, 2018.

Mordecai, N. Zionism. The first 120 years. Timeline, articles, documents and glossary. The jewish agency for israel, the zionist library, 2002, p. 41-42.

Disponível em: . Acesso em: 03 de Abr. de 2019.

Organização das Nações Unidas. Pacto da Sociedade das Nações 1919. Biblioteca Virtual de Direitos Humanos, (c). São Paulo, Universidade de São Paulo. Disponível em:

Sociedade-das-Na%C3%A7%C3%B5es-1919-a-1945/pacto-da-sociedade-das-nacoes1919.html.> Acesso em: 22 0de Abr. de 2019.

Palestine Royal Comission Report. ProQuest, (c)2006. Disponível em: Acesso em: 22 de Mar. de 2019.

Perez, V. Natalia. El sistema político de Israel y su impacto em el processo de Paz com los palestinos. Tese (Doutorado em Estudios Orientales) – Facultad de Filosofia y Letras – Universidad Autonoma de Madrid. Madrid, 2012.

Putnam, R. D. Diplomacia e Política Doméstica: A Lógica dos Jogos de dois níveis. Revista Sociológica e Política. v. 18, n.36, p. 147-174, 2010.

Silva, G. J. Conceituações Teóricas: Esquerda e Direita. Revista de Humanidades. v. 6, p. 149-162, 2014.

Sznajder, M. Israelíes y palestinos: antecedentes de la intifada. Revista de Estudios Internacionales. v. 35, n. 201, p. 53-67. 2011.

Teller, N. The Balfour Declaration Why Lord Rothschild? The Jerusalem Post, 2017. Disponível em: . Acesso em: 02 de Abr. de 2019.

Wohlforth, C. W. The Oxford Handbook of International Ralations. Oxford University Press. Ney York, 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia